OBESIDADE E LESÃO MIOCÁRDICA

OBESIDADE E LESÃO MIOCÁRDICA

JACC - Estudo procurou avaliar a associação da obesidade com biomarcador de lesão miocárdica subclínica, a troponina T cardíaca, medida por um novo ensaio de alta sensibilidade (hs-cTnT), entre adultos sem doença cardiovascular (DCV) clínica. Evidências laboratoriais sugerem relação entre obesidade e lesão miocárdica que pode desempenhar papel no desenvolvimento da insuficiência cardíaca (IC), mas há dados clínicos limitados sobre essa associação até o momento. Foram avaliados 9.507 participantes sem DCV, no estudo Atherosclerosis Risk in Communities (ARIC). Os pesquisadores avaliaram a associação do índice de massa corporal (IMC), com níveis altos (≥14 ng/l) e mensuráveis (≥3 ng/l) de hs-cTnT após regressão multivariada. Foram avaliadas ainda as associações independentes e combinadas do IMC e dos níveis de hs-cTnT com a incidência de IC.

Os resultados mostraram que IMC maior foi independentemente associado a aumento positivo e linear na probabilidade de níveis altos de hs-cTnT, com obesidade grave (IMC>35 kg/m²) associada a um odds ratio de 2,20 (intervalo de confiança de 95%: 1,59-3,06) para altos níveis de hs-cTnT após os ajustes necessários. Ao longo de 12 anos de acompanhamento, houve 869 eventos incidentes de IC. Obesidade e hs-cTnT foram ambos associados de forma independente com IC incidente e os indivíduos com obesidade grave e altos níveis de hs-cTnT tiveram risco nove vezes maior de IC incidente (hazard ratio: 9,20 [intervalo de confiança de 95%: 5,67-14,93]) do que os indivíduos com peso normal e níveis de hs-cTnT indetectáveis.

Concluiu-se que os indivíduos sem DCV, com maiores índices de massa corporal têm associação independente e linear com lesão miocárdica subclínica, avaliada por níveis de hs-cTnT. A obesidade e os níveis de hs-cTnT fornecem informações independentes e complementares em relação ao prognóstico de risco para a IC incidente.

Compartilhe:

Nota: nunca comercializaremos seu endereço de e-mail!

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOTÍCIAS